Cooperativa Mula encerra cantina solidária no dia 28

45
visualizações

Cantina solidária encerra depois de distribuir mais 3 mil refeições durante a crise gerada pela Covid-19

 

- Pub -

A Cooperativa Mula vai encerrar a sua Cantina Solidária no próximo dia 28, segundo informam em comunicado os representantes desta associação de voluntários, dedicada ao apoio alimentar de famílias desde a chegada da pandemia a Portugal. A informa agora que as pessoas apoiadas pela cooperativa, vão ser encaminhadas para “respostas como a Refood, ou alguns Bancos Alimentares”.

A continuidade deste apoio solidário fica em causa após a não aprovação de uma proposta de subsídio extraordinário no valor de 7 500,00€, apresentada pela CDU na sessão pública da Câmara do Barreiro do dia 15 de Maio. PS votou contra, com voto de qualidade do presidente Frederico Rosa e PSD absteve-se.

Após a não aprovação da proposta a MULA aponta que a Câmara alega desconhecer o trabalho voluntário desenvolvido na Cantina Solidária, assim como “os seus gastos, dificuldades e o enorme esforço que tem representado para os membros da Cooperativa Mula e todos os voluntários que têm participado na iniciativa, de forma absolutamente descomprometida”, algo que é “incompreensível”, defendem.

A cooperativa refere ainda que, nos últimos dois meses, dezenas de pessoas perderam o seu rendimento e “devido aos trâmites burocráticos da Segurança Social e à ausência de respostas de diversas instituições que literalmente fecharam as portas durante o confinamento, evitaram a fome devido ao esforço da Mula”.

Aliás, os representantes desta entidade ressalvam que desde o primeiro momento de apoio às famílias do concelho a Câmara foi informada “detalhadamente de tudo” e tem, inclusive, encaminhado para a cooperativa “casos a que não consegue dar resposta”.
Durante sessão de Câmara a vereadora Sara Ferreira, responsável pelo pelouro da Acção Social garantiu que, no concelho, “outras associações apoiadas com cerca de 5 000,00 euros fazem um trabalho semelhante”, defendendo a posição do executivo PS face à recusa da proposta apresentada pela CDU.

O vereador Rui Braga questionou também a CDU sobre o “porquê” da insistência no apoio a esta associação, “em vez das outras que prestam o mesmo serviço”, defendendo a dedicação solidária de todas as associações de apoio alimentar, que considera de extrema importância em tempo de crise.

Desde 30 de Março até 16 de Maio de 2020, Cantina Solidária da Cooperativa Mula distribuiu 3 294 refeições; produziu e distribuiu, também gratuitamente, 560 pães; entregou 122 cabazes quinzenais e semanais a famílias carenciadas. Um trabalho assegurado por 34 voluntários, de forma gratuita.

Ao longo deste período a MULA conseguiu concretizar este apoio através de donativos monetários no total de 8 473,73 Euros e donativos em géneros. Até ao momento gastou 7 258,72 Euros apenas com a cantina e cabazes.

Ana Martins Ventura
Luís Geirinhas

Comentários

- Pub -