Centro Hospitalar Barreiro-Montijo conta com mais dois ventiladores

30
visualizações

Novos equipamentos no valor de 40 mil euros têm tecnologia diferenciada

 

- Pub -

A Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) do Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) dispõe desde o final da última semana, de dois novos ventiladores que permitiram a “actualização tecnológica e diferenciação técnica dos cuidados prestados” aos utentes internados naquele estabelecimento. De acordo com Paulo André, responsável pela unidade, os recém-chegados equipamentos têm assim “capacidade para ventilação invasiva e não invasiva, volumétrica e pressurométrica, em doentes críticos, principalmente em falência respiratória”, com um valor de 40 mil euros.

O médico destaca que os dois ventiladores substituem “um ventilador em fim de vida” e, ao mesmo tempo, “complementam o parque de máquinas de serviço, na perspectiva de eventual futuro alargamento”, realça. Segundo o CHBM, em 2019, foram internados 149 doentes naquela unidade, que presta este tipo de cuidados a pessoas que se encontrem em “disfunção ou falência profunda de um ou mais órgãos ou sistema do seu organismo”, em que a sua sobrevivência esteja dependente de meios avançados de monitorização e terapêutica.

Na maioria dos casos, acrescenta o estabelecimento hospitalar, o internamento naquela unidade “termina com a transferência para outro serviço”.

A UCI do CHBM dispõe de cinco camas equipadas com monitores, ventiladores mecânicos tecnologicamente evoluídos e capacidade para realização de técnicas de diagnóstico e terapêutica diferenciadas, tais como a terapêutica contínua de substituição da função renal, necessárias à compensação de situações de doença crítica. Aquela unidade recebe ainda utentes sujeitos a cirurgias “difíceis e arriscadas”, nas quais “atua para manter equilíbrios e prevenir disfunções no pós-operatório imediato”.

Comentários

- Pub -