Comédia e ópera marcam palco do Fórum Luísa Todi após desconfinamento

9
visualizações
Ana Arrebentinha leva à cena “Coisas de Mulheres”

Companhia de Ópera de Setúbal estreia em palco com espectáculo livremente inspirado na vida de Luísa Todi

 

- Pub -

 

A humorista Ana Arrebentinha abre, a 27 de Junho, o ciclo especial de espetáculos de comédia, que decorre até Agosto no Fórum Municipal Luísa Todi, com o monólogo humorístico

“Coisas de Mulheres”. E no início de Julho a Companhia de Ópera de Setúbal leva à cena “Os Fantasmas de Luísa Todi”.

Para além da actuação de Ana Arrebentinha, O Ciclo de Comédia, organizado pela Câmara Municipal de Setúbal, inclui ainda espectáculos levados à cena pelos reconhecidos José Pedro Gomes e Ana Bola, de António Raminhos e de Pedro Tochas, sempre com início pelas 21h30.

Na noite de 27, entra em cena monólogo de Ana Arrebentinha. Com texto, escrito e encenado por Carlos Alves, a produção aborda os mistérios e as questões que envolvem o universo feminino. E, depois de Arrebentinha segue-se, a 11 de Julho, a mais recente comédia de stand-up de António Raminhos, “O Sentido das Coisas… E isso”, que leva a uma reflexão descontraída sobre o significado de tudo o que fazermos no quotidiano.
A 18 de Julho, Pedro Tochas marca a noite com “Descobrimentos”. Uma actuação com o seu habitual registo de “one man show”, durante a qual o actor revela o que descobriu e o que ainda quer descobrir, sobre os últimos 45 anos na sociedade.

O ciclo encerra a 1 de Agosto com a peça “Casal da Treta”, protagonizada por José Pedro Gomes e Ana Bola. O quotidiano, o amor, a igualdade e as diferenças entre homens e mulheres são os temas da peça escrita por Filipe Homem Fonseca, Mário Botequilha e Rui Cardoso Martins.

Ópera em cena

Com regresso à normalidade e retoma das actividades culturais, o Fórum Luísa também recebe a 4 de Julho, pelas 21h30, a ópera “Os Fantasmas de Luísa Todi”, que marca a fundação oficial da Companhia de Ópera de Setúbal, um projecto da Associação Setúbal Voz

Uma criação do maestro e compositor Jorge Salgueiro e da Companhia de Ópera de Setúbal, livremente inspirada “nos fantasmas que atormentaram a célebre cantora lírica setubalense e que nos atormentam a todos”, refere a companhia.

“Com participação via vídeo do Coro Setúbal Voz, “Os Fantasmas de Luísa Todi” tem como protagonistas Carina Matias Ferreira, Célia Inês Nascimento, Iolanda Rodrigues, João Mendonza, Juliana Telmo, Miká Nunes e Néu Silva, que seguem a direcção artística de Jorge Salgueiro”, sendo a primeira ópera que o Fórum Municipal Luísa Todi apresenta no período de desconfinamento.

Comentários

- Pub -