Sines quer geminação com cidade indiana e puxa investimento para o complexo portuário e industrial

15
visualizações

Nuno Mascarenhas recebeu nos Paços do Concelho dupla do corpo diplomático da Embaixada da Índia em Portugal

 

- Pub -

 

O município de Sines e a Índia estão a trabalhar num acordo de geminação. Ao mesmo tempo, em cima da mesa está também a negociação de uma parceria entre a infra-estrutura portuária sineense e um porto indiano. Estes dois temas foram desenvolvidos numa reunião que juntou, no passado dia 9, nos Paços do Concelho, o presidente da Câmara, Nuno Mascarenhas, e uma dupla do corpo diplomático indiano no nosso País.
O autarca sineense recebeu os primeiro e terceiro secretários da Embaixada da Índia em Portugal, Amararam Gujar e Preetham Shivamurthy, respectivamente, num encontro que contou igualmente com a participação do vogal executivo da Administração dos Portos de Sines e do Algarve, Duarte Lynce de Faria.

“Este encontro visou estreitar as relações que têm estado a ser operadas entre Sines e a Índia, sobre as quais se têm desenvolvido diversas iniciativas nos últimos anos”, revelou a autarquia em nota de Imprensa, adiantando: “Neste contexto foram retomados os trabalhos com vista à celebração de geminação entre Sines e uma cidade indiana e de um acordo entre o Porto de Sines e um porto indiano.”

A reunião permitiu ainda que fossem abordadas outras questões, além das “oportunidades de investimento em Sines e os interesses que os investidores indianos podem ter no complexo portuário e industrial”. Segundo a edilidade foram “também apresentados alguns dos projectos que visam homenagear os feitos de Vasco da Gama”. O navegador, recorde-se, ficou na História por ter descoberto o caminho marítimo para a Índia.

“As relações entre Sines e a Índia pontuam-se, em grande medida, por questões de natureza cultural, para as quais a figura de Vasco da Gama é determinante”, sublinhou o município do litoral alentejano. A recepção aos diplomatas indianos “ocorreu um dia depois da data comemorativa em que Vasco da Gama partiu a caminho da Índia, em 8 de Julho de 1497”, lembrou o município a concluir.

Comentários

- Pub -