Transtejo. Quatro empresas aguardam resultado do concurso para aquisição de 10 navios eléctricos

15
visualizações

São três empresas internacionais e uma nacional, os Estaleiros Navais de Peniche, na corrida a um projecto que terá impacto na vida de 3 milhões de pessoas

 

- Pub -

Os participantes do concurso público para a aquisição de dez navios de propulsão eléctrica que devem integrar a nova frota da Transtejo – Transportes Tejo, S.A. já são conhecidos. Foram seleccionadas as empresas Majestic Glow Marine PTE. Ltd, Astilleros Gondan S.A., os Estaleiros Navais de Peniche, S.A. e a Holland Shipyards B.V.
Segue-se a fase de análise das propostas do concurso público que representa um investimento superior a 57 milhões de euros e está de acordo com a “estratégia nacional para a descarbonização”.

A empresa afirma que o projecto de renovação da frota da Transtejo, cujo concurso público havia sido lançado em Janeiro, “constitui uma decisão de alcance estratégico para toda a Área Metropolitana de Lisboa, com impacto positivo no quotidiano de cerca de 3 milhões de habitantes”.

Quanto aos novos navios vão operar nas ligações fluviais de Cacilhas, Seixal e Montijo, estando a entrega prevista entre 2022 e 2024.

O reforço da frota da Transtejo vai “permitir melhorias significativas nos padrões de conforto e segurança oferecidos aos passageiros”, avança a empresa em comunicado, destacando ainda que “dará um valioso contributo para a redução da pegada de carbono e combate ao aquecimento global”.

O investimento numa frota de navios ambientalmente sustentável, dotada de um sistema de propulsão 100% elétrico, com consumos energéticos inferiores às dos navios actuais e sem emissões de Gases com Efeito de Estufa.

Comentários

- Pub -