Luís Calha: “Acreditamos bastante no sucesso deste modelo diferente de assinalar a Festa das Vindimas”

35
visualizações

Para o vereador com o pelouro do Turismo e Economia Local, o evento “tem um impacto forte na economia local e na atractividade turística”

 

- Pub -

Num ano atípico, a organização da Festa das Vindimas demonstrou ser um desafio, mas, segundo Luís Calha, vereador com o pelouro do turismo e economia local na Câmara Municipal de Palmela, a “boa articulação entre as instituições e um elevado sentido de responsabilidade” resultaram num “programa de qualidade que integra um conceito onde se destaca a criatividade e a inovação”.

Como vê a Câmara Municipal de Palmela esta tentativa por parte da associação em não deixar ‘passar em claro’ a Festa das Vindimas este ano?

A Festa das Vindimas vai ser assinalada em moldes diferentes. Isto significa um ponto de partida que a Câmara Municipal de Palmela e a associação consideram fundamental: garantir as normas de segurança e a saúde pública. As reuniões entre o município, a Associação das Festas, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Palmela, a GNR e a Protecção Civil pretenderam assegurar as condições para a realização de um evento seguro e com qualidade.

Podemos dizer que existiu uma boa articulação entre as instituições e um elevado sentido de responsabilidade para que o evento possa acontecer. Foi possível construir um programa de qualidade que integra um conceito onde se destaca a criatividade e a inovação. Assinalar a essência da festividade, ligada ao mundo rural, representa uma homenagem aos produtores que têm prosseguido um trabalho de gerações que nos orgulha. As nossas raízes históricas e culturais são indissociáveis da Festa das Vindimas e da vitivinicultura. Considero que a associação, e todas as que nela participam, revelaram resiliência, coragem e paixão pela nossa terra ao abraçar este difícil, mas estimulante, desafio.

Esta diferente edição tem algum impacto no turismo em Palmela?

A Festa das Vindimas tem um impacto muito forte na economia local e na atractividade turística. Daí termos planeado e vindo a desenvolver uma estratégia para a retoma turística. Esta estratégia, em parceria com entidades nacionais e internacionais, inclui o filme promocional “A Viagem | Palmela Conquista-te” a passar nos canais televisivos, no Canal Lisboa em parceria com a Entidade de Turismo da Região de Lisboa e em outdoors, e várias campanhas de valorização da nossa oferta turística.

Temos alguns indicadores positivos que nos motivam. Palmela criou uma interessante diferenciação na sua oferta turística. Temos mais agentes de animação, mais restauração e novos projectos a surgir. Palmela tem tido uma procura turística homogénea ao longo dos últimos anos.

Foi estimado algum número de visitantes para as actividades presenciais nesta edição?

As actividades estão estimadas e cumprem as regras da Direcção-Geral da Saúde. A Associação das Festas, a autarquia e a Protecção Civil estão articuladas nesse objectivo. Quero referir que acreditamos no sucesso deste modelo diferente de assinalar a Festa das Vindimas. Vivemos tempos difíceis e estamos unidos para manter as raízes históricas da nossa terra. Queremos continuar a ser um território com qualidade de vida e vamos continuar a dinamizar a restauração, a hotelaria e o comércio local. Acredito que, em 2021, a Festa das Vindimas será uma verdadeira festa do brinde à saúde, à amizade e aos reencontros.

Comentários

- Pub -