9 Março 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Sociedade Auditório José Afonso recebeu Mobilização Global pelo Clima

Auditório José Afonso recebeu Mobilização Global pelo Clima

Setúbal foi palco da nova Mobilização Global Pelo Clima. O núcleo da Greve Climática Estudantil de Setúbal reuniu, na passada sexta-feira, no Auditório José Afonso com organizações de defesa ambiental. A Feel 4 Planet e a SOS Sado deram a conhecer as suas iniciativas: a recolha de beatas nas praias e na cidade, e a luta contra as dragagens no rio Sado, respectivamente.

- PUB -

O encontro contou também com a projecção de vídeos, oficina de cartazes, discussões sobre o tema da protecção ambiental e leitura do manifesto, onde estão discriminados os objectivos a cumprir a nível nacional e local para alcançar a neutralidade carbónica global até 2030. Naturalmente, devido à pandemia, o número de participantes viu-se reduzido. Ao longo do dia, a iniciativa contou com um máximo de 25 pessoas, não tendo havido qualquer marcha ou manifestação.

Este evento insere-se na nova Mobilização Climática Global, uma acção de dimensão internacional, e continua o trabalho realizado pela activista sueca Greta Thunberg, com o seu movimento Fridays For Future. O principal objectivo do movimento é obter a justiça climática, captando a atenção dos vários governos para que haja um combate às alterações climáticas.
Tendo começado como Greve Climática Estudantil, pretende-se que o combate à degradação ambiental se torne uma causa intergeracional, visto ser um problema tanto das gerações futuras como das gerações actuais.

- PUB -

Em Portugal, a Mobilização Climática Global de dia 25 passou pelas regiões de Setúbal, Lisboa, Santarém, Évora e Caldas da Rainha. As reivindicações e os apelos feitos ao Governo passam essencialmente por requalificar e reinserir os trabalhadores das indústrias poluentes, promover os transportes públicos e a electrificação da rede ferroviária, e acabar com as novas concessões de exploração de combustíveis fósseis.
No concelho de Setúbal, uma das preocupações actuais é a intenção apresentada pela Secil de alargar a sua área de exploração, bem como o projecto das dragagens do rio Sado, que irá continuar em Novembro.

 

- PUB -

Mais populares

Bombeiros em “guerra de tronos” ameaçam direcção com paralisação de serviços

Direcção já acertou tudo com antigo chefe dos bombeiros do Barreiro para assumir o cargo. Mas o corpo activo do Montijo quer Luís Silva   A...

ANAC recusa-se a fazer apreciação ao aeroporto do Montijo sem parecer favorável de todos os municípios

A Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) não vai fazer apreciação prévia de viabilidade para efeitos de construção do Aeroporto Complementar no Montijo, solicitada...

Joaquim Maia deu a volta à tragédia para ajudar atletas a vencerem na pista

A vida pregou-lhe uma má partida, mas não se deixou vencer. Hoje é treinador e já ajudou a lançar atletas de alta competição     No campo...
- PUB -