1 Março 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Sociedade MDM questiona Hospital de Almada sobre funcionamento de urgências

MDM questiona Hospital de Almada sobre funcionamento de urgências

Os núcleos de Seixal e Almada do Movimento Democrático das Mulheres (MDM) deu a conhecer ao presidente do concelho de administração do Hospital Garcia de Orta, em Almada, Luís Amaro, a sua preocupação face às notícias que têm chegado ao domínio público sobre o funcionamento do estabelecimento hospitalar e as medidas que estarão em vias de concretização.

- PUB -

Em carta enviada àquele responsável, na sexta-feira, o MDM aponta apreensões, como o “encerramento nocturno do Serviço de Urgência de Pediátrica, as ameaças sobre a Urgência Obstétrica e Ginecológica”, além das notícias de problemas sobre o estado da Urgência Geral.

“Se o encerramento nocturno do Serviço de Urgência pediátrica compromete a disponibilidade de cuidados médicos às crianças dos concelhos de Almada e Seixal durante a noite, pondo em causa o seu direito à saúde, e o encerramento nocturno da Urgência de Obstetrícia e Ginecológica pode comprometer a assistência às mulheres que dele precisem, acrescentando ansiedade à que resulta do contexto pandémico que vivemos, vem agora juntar-se a ameaça de ruptura do Serviço de Urgência Geral”, sublinha o MDM.

Protestam, ainda, contra a “activação do Plano de Contingência na Urgência Obstétrica e Ginecológica do Hospital Garcia de Orta”, o qual limita o atendimento às grávidas em trabalho de parto sem possibilidade de transferência e a mulheres em situações ginecológicas emergentes”. Donde concluem que, no actual contexto de pandemia, “o fecho destes serviços de urgência irão sobrecarregar ainda mais os serviços de outros hospitais, já a braços com diversos obstáculos no seu normal funcionamento, desde a falta de camas, à de recursos humanos”.

- PUB -

Ainda que reconheçam que, no nosso país, “tem-se verificado uma acentuada melhoria na saúde materna e obstétrica, e na saúde infantil”, não querem que “os progressos alcançados sofram um revés”. Daí, questionarem o presidente da administração do Hospital de Almada.

Por José Augusto

 

- PUB -

Mais populares

Várzea veio colmatar necessidade de antecipar o fecho da estação na 5 de Outubro

TST explica que antiga estação apresentava alguns problemas, inclusive ao nível da logística nos serviços   A empresa Transportes Sul do Tejo (TST) inaugurou há cerca...

Morreu o homem do mar Lídio Galinho

Lídio Galinho, homem ligado à pesca na Costa de Caparica, morreu hoje, durante a tarde, vítima de covid-19, no Hospital Garcia de Orta, em Almada

GNR apreende quase cinco toneladas de sardinha em Sesimbra

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Setúbal, apreendeu esta terça-feira 4 950 quilos de sardinha, no...
- PUB -