Setúbal: Avenida dos Combatentes e Avenida 22 de Dezembro vão ser requalificadas

200
visualizações
Av. dos Combatentes, foto de Inês Kellen.

Remodelações pretendem melhorar as vias de circulação automóvel e do parqueamento automóvel

- Pub -

Duas das principais avenidas existentes em Setúbal preparam-se para receber a empreitada de requalificação urbana e mobilidade. Estas intervenções, que visam beneficiar a Avenida dos Combatentes da Grande Guerra e a Avenida 22 de Dezembro, “têm como principal objectivo o reperfilamento [remodelação] das vias de circulação automóvel e do parqueamento automóvel”, lê-se em comunicado da autarquia.

Para o efeito será restringida a circulação nas zonas centrais das avenidas e serão criados recortes [espaços] e baías de estacionamento ao ar livre. As intervenções pretendem, também, implementar espaços polivalentes para a realização de diversas actividades, de forma a que os espaços possam ser usufruídos pela população na sua totalidade. Existe, ainda, o objectivo de favorecer a circulação pedonal em ambas as avenidas.

Estipuladas num valor base de 838,387,46€, as intervenções têm um prazo máximo de concretização de 300 dias. Também o traçado existente nas vias de trânsito, os sistemas de drenagem, a iluminação pública, a iluminação dos pavimentos e respectivas acessibilidades e os espaços verdes existentes irão ser renovados. O caderno de obra considera, ainda, que vão passar a existir locais destinados à estadia de peões.

Para além destas obras de requalificação, também a intersecção da Avenida dos Combatentes da Grande Guerra com a Rua José Pereira Martins será intervencionada. Os trabalhos a realizar nas duas áreas pretendem favorecer tanto deslocações a pé como de bicicleta, de forma a garantirem uma mobilidade urbana mais sustentável.

Para Maria das Dores Meira “esta obra é extremamente importante para a cidade de Setúbal pois é realizada numa das artérias mais importantes do município”. Durante as requalificações, a Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, área de maior intervenção, continuará a ser transitável, apenas com alguns acessos restritos e circulação limitada, não estando previsto o encerramento da mesma.

Comentários

- Pub -