Covid-19: Em Situação de Emergência todos os funcionários públicos são convocados a actuar

90
visualizações
No Barreiro, a Escola Básica Nº.9 ´foi transformada em Posto de Comando Municipal. Fotografia: ARSÉNIO FRANCO

A eminente declaração de Situação de Emergência Nacional surge em simultâneo com o avanço de Fase de Contenção Alargada para a Fase de Mitigação, na qual o risco de contágio por Covid-19 em Portugal já se encontra para além de focos em áreas delimitadas. Setúbal e Barreiro, assumem a linha da frente na península, e já estão com Planos Municipais de Emergência activos.

 

- Pub -

 

Em Situação de Emergência Nacional, segundo o coordenador do Serviço Municipal de Protecção Civil e de Bombeiros de Setúbal declarou a O SETUBALENSE, “de acordo com a Lei de Bases da Protecção Civil todos os funcionários públicos de todos os sectores, para além da saúde e forças de segurança que já estão de prontidão total, funcionários de escolas, tribunais, gabinetes municipais, entre outros, ficam obrigatoriamente convocados a actuar como agentes, em diferentes áreas, no combate, prevenção e contenção do Covid-19”.

Na região, Setúbal e Barreiro são, até ao momento, os únicos municípios que accionaram os Planos Municipais de Emergência.Em Setúbal a Protecção Civil está em articulação com todos os parceiros – Bombeiros, PSP, GNR, Capitânia do Porto, serviços de saúde e outros – no total 1300 operacionais geridos a partir do Quartel dos Bombeiros Sapadores, na Estrada de Algeruz, onde a Protecção Civil centraliza operações. No Barreiro a Escola Básica N.º9 foi transformada no primeiro Posto de Comando Municipal do distrito, com 40 profissionais em permanência.

Comentários

- Pub -