Hospital de São Bernardo com nove casos de Covid-19 confirmados

156
visualizações

Idoso da Casa do Professor é um dos internados e encontra-se estável

 

- Pub -

Setúbal contabilizava ontem, à hora do fecho desta edição, nove casos de infecção Covid-19 desde que o novo coronavírus começou a registar incidência no concelho de Setúbal, no início de Março.

Um dos casos diz respeito ao idoso do lar Casa dos Professores, “que está neste momento internado no Hospital de São Bernardo e estável”, segundo confirma o Serviço Municipal de Protecção Civil e Bombeiros (SMPCB) a O SETUBALENSE. “Dos outros casos, mais três estão em internamento e quatro em tratamento domiciliário”. Na lista do concelho continua a ser contabilizado o caso do primeiro infectado, que já recebeu alta e está curado, “embora ainda vá manter-se em observação”.

Segundo o SMPCB, “no Hospital de São Bernardo estão ainda internados, devido a infecção por Covid-19, pacientes dos concelhos de Palmela e Sesimbra”, não sendo possível detalhar número e situação clínica.

Entretanto, o Hospital Garcia de Orta (HGO) também apresenta nova organização para que possa receber os doentes com a Covid-19.

Todos os casos sinalizados com senha azul e verde passam agora a ser encaminhados para atendimento em unidades do Agrupamento de Centro de Saúde Almada-Seixal, estando o espaço do Serviço de Urgência Geral, onde anteriormente estes utentes eram recebidos, dedicado à recepção e tratamento de casos Covid-19.

Uma informação também confirmada pela Comissão de Utentes da Saúde do Concelho do Seixal (CUSCS), que indica agora “o Centro de Saúde da Torre da Marinha para receber estes casos” de senha azul e verde da urgência, “ficando em causa possíveis dificuldades para o atendimento dos outros utentes diários”, alertam.

No apoio ao combate à Covid-19, também “a comunidade chinesa residente em Portugal fez chegar ao HGO uma oferta de 1 850 máscaras cirúrgicas”, segundo revela o hospital em comunicado .

E a Câmara Municipal de Almada disponibilizou o Caparica Sun Center, na Costa da Caparica, com 95 camas. “Quartos individuais, duplos e outros familiares (tipo camarata)”.

O Ministério da Educação através da MOVIJOVEM MJ disponibilizou ainda, gratuitamente, a pousada da juventude em Almada, “para uso dos profissionais de saúde que exercem a sua atividade laboral no HGO”.

Quanto ao número de casos de infecção, ontem não foi possível confirmar através de fonte oficial, mas a CUSCS, que cita “contacto com o Agrupamento de Centros de Saúde” que gere estes dois concelhos, indique a existência de 23 casos em Almada e 16 no Seixal.

No Barreiro, além do morto confirmado ontem (ver caixa), os últimos dados divulgados pela Comissão Municipal de Protecção Civil, referentes a 20 de Março, contabilizavam oito casos “todos importados” de fora dos quatro concelhos (Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete) que o Agrupamento dos Centros de Saúde Arco Ribeirinho integra. Segundo esta informação, não se verificava “transmissão activa na comunidade”.

Comentários

- Pub -