Mulher repete teste no Montijo depois de 5 dias à espera de resultado do exame

185
visualizações

Isabel dos Santos apresentou reclamação na Direcção Geral da Saúde. Sente-se melhor e espera boas notícias

 

- Pub -

Ao fim de cinco dias à espera do resultado do teste de despiste à Covid-19, realizado no Hospital do Barreiro, Isabel dos Santos, 48 anos e residente no Montijo há 19, apresentou reclamação à Direcção Geral da Saúde (DGS) e acedeu a ir fazer novo exame.

A responsável por uma cantina da Casa do Pessoal no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, que mantivera contacto directo com uma funcionária infectada da referida unidade hospitalar, acabou por ir ontem realizar novo teste, desta feita ao Hospital do Montijo.

Isto porque, angustiada e cansada de não conseguir obter respostas da unidade hospitalar do Barreiro, voltou a contactar a linha SNS24, tendo sido novamente referenciada.

“Segundo a enfermeira do SNS24, isto [que sucedeu] é inaceitável e referenciou-me para ir hoje [ontem] repetir o teste ao Hospital do Montijo”, afirma a utente, lamentando a forma como tem sido atendida no Barreiro.

“Liguei ontem, quarta-feira, e deixaram-me uma hora em espera para irem ver o que se passava e depois desligaram. Hoje, quinta-feira, liguei novamente. Da urgência passaram ao laboratório, do laboratório disseram-me que o resultado vai para o médico, que não sei quem é, devolveram a chamada à urgência que também não soube identificar o médico e passaram para a enfermeira da triagem que me mandou ligar para o SNS24”, conta, adiantando que acabou por apresentar reclamação à DGS.

Entretanto, no contacto estabelecido com a enfermeira da linha SNS24, Isabel confessa que ficou um pouco aliviada.

“Disse-me também que se o meu teste tivesse dado positivo, já deveria ter sido contatada pela DGS, portanto o resultado há-de ter sido negativo”, admite, embora queira ter a certeza. Tanto assim que já havia decidido fazer novo teste e suportar os custos, opção abandonada pelo surgimento da possibilidade de o realizar no Hospital do Montijo.

Melhorias significativas

Ontem, Isabel já apresentava melhorias. “Melhorei significativamente depois de ter tomado um medicamento recomendado pelo meu pneumologista, que entretanto contactei. Ontem ligou-me o meu médico de família para saber também do meu marido e da minha filha, que não apresentam sintomas”, conclui a utente, que não deixa de mostrar inconformismo pela ausência do resultado realizado no Barreiro.

O SETUBALENSE tentou obter esclarecimentos da Direcção Geral da Saúde, mas até ao fecho da edição de ontem não conseguiu contacto telefónico nem resposta ao e-mail enviado.

Comentários

- Pub -