Área Metropolitana de Lisboa aprova reprogramação de 8 milhões de euros para municípios

73
visualizações

A Área Metropolitana de Lisboa anunciou hoje ter aprovado a reprogramação de oito milhões de euros, no âmbito do Portugal 2020, para projetos municipais, institucionais e associativos, como recuperação de escolas, programas para seniores e intervenções em parque urbanos.

- Pub -

Numa nota, a Área Metropolitana de Lisboa (AML) revelou que a reprogramação de operações de investimento dos seus municípios corresponde a projetos municipais, institucionais e associativos que serão desenvolvidos no âmbito dos equipamentos escolares, inovação social, equipamentos sociais e património cultural e natural.

“Os investimentos agora aprovados permitirão, por isso, a concretização de um conjunto substancial de respostas das autarquias a múltiplos desafios, em setores considerados prioritários”, destacou a área metropolitana, que tem competências delegadas enquanto organismo intermédio para a gestão do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da AML (PDCT/AML), no âmbito das operações do programa Portugal 2020.

 

Entre os projetos beneficiados estão a remodelação, recuperação e ampliação de escolas básicas e a requalificação de creches.

Também foram contemplados programas para seniores, medidas de apoio à vida independente para autistas e intervenções em parques urbanos, estruturas verdes e ‘villas’ romanas.

Os 18 municípios que integram a AML são Alcochete, Almada, Amadora, Barreiro, Cascais, Lisboa, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Sintra e Vila Franca de Xira.

Lusa

Comentários

- Pub -