Empresas e organizações entram na campanha d’O Setubalense

205
visualizações

Grande empresa com fábrica em Setúbal, Ambilital, do Litoral Alentejano, e Clube da Arrábida apoiam jornal

 

- Pub -

A acção de crowdfunding, recolha de fundos, que O SETUBALENSE tem em curso começou a despertar a sensibilidade de empresas e outras organizações da região, e algumas já contactaram o jornal, no final da semana passada.

Alguns dos apoios são na forma de compra de espaço publicitário. Uma grande empresa nacional, com fábrica em Setúbal, que prefere que não revelemos o nome, decidiu investir seis mil euros. A Ambilital, empresa de recolha e selecção de resíduos do Litoral Alentejano, também avançou já com um plano de publicidade. Já a Navipor, empresa concessionária do Porto de Setúbal comunicou a disponibilidade para fazer um donativo de 200 euros.

Há também organizações de outra natureza sensíveis à causa da manutenção da publicação do jornal, como associações e autarquias. O presidente do Clube da Arrábida, Pedro Vieira, está entre os que já avançaram com um contributo, neste caso de 200 euros. “Boa sorte, continuem a fazer o excelente trabalho que nos habituaram na região”, escreveu Pedro Vieira na mensagem que acompanhou a doação.

Muitos dos donativos feitos na plataforma de crowdfunding, entre os quais alguns recentes, são de anónimos, cujas contribuições variam entre os cinco e os 300 euros. E vários contributos incluem mensagens de incentivo. Por exemplo, Nelson Costa, que doou 15 euros, escreveu “resiliência e teimosia para vencer mais uma batalha!”, enquanto Maria Manuela Palma Rodrigues acompanhou o seu donativo de dez euros com um “porque acredito na importância da imprensa em regional”.

O jornal agradece reconhecidamente a todos e a cada um destes generosos leitores, assim como às empresas e outras entidades que já ajudaram.

Até à data, os maiores donativos foram os da Fundação Buehler-Brockaus, do casal alemão Marion Buehler Brockhaus e Hans-Peter Buehler, que doaram dois mil euros, e de um empresário setubalense, que pediu anonimato, que ofereceu mil euros.

A campanha, lançada lançada no início do mês, visa assegurar a publicação regular do jornal, durante os meses de Abril e Maio, com a angariação mensal de 15 mil euros. Até à hora de fecho desta edição tinha sido recolhido um total de 4.770 euros, doados por cinco dezenas de pessoas.

Para mais informação veja o anúncio no site d’O SETUBALENSE ou entre na plataforma da PPL Crowdfunding Portugal, onde está a decorrer, através do link ppl.pt/causas/osetubalense. Nesse endereço encontra toda a informação sobre os objectivos e a forma de participar. Pode também ligar para o telefone 265 094 354.

Comentários

- Pub -