Estacionamento da praia do Creiro reverte a favor da Misericórdia de Azeitão

67
visualizações
Praia do Creiro, Arrábida

A Associação Baía da Setúbal mantém protocolo com os mesmos moldes de 2019 e medidas da próxima época balnear começam a ser delineadas

 

- Pub -

 

A Câmara Municipal de Setúbal aprovou em reunião pública, a renovação do protocolo de colaboração com a Associação da Baía de Setúbal “para a gestão do parque de estacionamento do Creiro, na Serra da Arrábida”, segundo avança em comunicado. O protocolo entrará em vigor a partir do dia 1 de Junho e cessará a 30 de Setembro.

A Câmara de Setúbal recorda que, ano passado, foi estabelecida e executada uma parceria com a Associação da Baía de Setúbal articulada com a Santa Casa da Misericórdia de Azeitão (SCMA), a qual se manterá este ano.

No âmbito deste acordo o valor correspondente a 50% do eventual resultado líquido de exploração deve ser entregue à SCMA. E, após o cumprimento da obrigação para com a Santa Casa da Misericórdia de Azeitão, a Associação da Baía de Setúbal deve entregar ao município de Setúbal 25% do montante do resultado líquido remanescente.

O presente acordo estabelece ainda que o montante exigido pela utilização do parque “não pode ser superior ao valor anteriormente cobrado”, de 4,00 euros por dia ou fracção, refere a autarquia.

Esta é uma das primeiras medidas reveladas por parte parte da autarquia, para a preparação da época balnear que se aproxima e terá condicionantes devido à Covid-19.

Recorde-se que em recente entrevista a O SETUBALENSE, o vereador Carlos Rabaçal, responsável pelo Serviço Municipal de Protecção Civil e Bombeiros, referiu que os moldes como os municípios vão aplicar as medidas de contingência à Covid-19 durante a próxima época balnear se resumem à palavra “dificuldades”.

Apesar deste sentimento geral vivido por municípios de norte a sul, Carlos Rabaçal refere que Setúbal, pela sua experiência com a contenção no acesso às praias, realizada através do programa Arrábida Sem Carros, “não estará tão mal quanto outros territórios”.

Carlos Rabaçal avança que a comissão VALPRAIAS, responsável pela operacionalização do programa “Arrábida Sem Carros”, já está a reunir com várias entidades, “inclusive a GNR e Polícia Marítima que também vão apresentar medidas necessárias”, mas 2020 “não será muito diferente do que tem sido o acesso às praias da Arrábida em anos anteriores” revela o vereador.

Em destaque vão estar certamente “medidas de mitigação na acessibilidade e densidade populacional”. E no acesso às praias estão também a ser preparadas todas as medidas necessárias para acompanhar a abertura dos restaurantes, em vigor a partir de 18 de Maio. “Nesse caso o acesso aos restaurantes localizados nas praias da Arrábida também deve ser garantido, tendo em conta as medidas de segurança na prevenção da Covid-19”, comenta Carlos Rabaçal.

 

 

Comentários

- Pub -