Incêndio num 7.º andar em Setúbal provocou a morte de uma mulher [corrigida]

248
visualizações
Fotos Pedro J. Rodrigues

Um incêndio numa habitação no 7.° andar de um prédio em Setúbal provocou neste sábado a morte de uma mulher, disse à agência Lusa fonte da Protecção Civil.

- Pub -

A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal indicou que o incêndio ocorreu na Avenida Dr. António Rodrigues Manito.

Segundo a mesma fonte, o fogo ficou confinado àquela habitação, e o óbito da mulher, cuja idade não tinha sido ainda confirmada, foi declarado no local pela equipa da viatura médica de emergência e reanimação (VMER), do Hospital de São Bernardo, em Setúbal.

De acordo com os Bombeiros Sapadores de Setúbal, mobilizados para a ocorrência, a porta da habitação eestava “fechada à chave”, tendo sido necessário recorrer ao “arrombamento”. No local, os bombeiros depararam-se com chamas “com intensidade na sala e a vítima caída inconsciente”, apresentando “queimaduras graves”, pode ler-se na página oficial dos Sapadores de Setúbal no Facebook.

A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal está a investigar as causas do incêndio, de acordo com o CDOS.

O alerta para o fogo, indicou o CDOS, foi dado às 20:41, tendo entrado em fase de rescaldo às 21:19.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Cerca das 23:00, os meios estavam ainda no local a avaliar as condições de habitabilidade do edifício, adiantou a fonte do CDOS.

Foram mobilizados os Bombeiros Sapadores de Setúbal, a VMER, elementos da Cruz Vermelha Portuguesa e do Serviço Municipal de Protecção Civil, além da PSP e da PJ, num total de 23 elementos, apoiados por nove veículos. Lusa

 

Comentários

- Pub -