Covid-19 atinge aluna do Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama

653
visualizações
Fotografia da Escola Secundária Sebastião da Gama

Directora não fala sobre o caso, mas O SETUBALENSE sabe que o mesmo foi comunicado aos encarregados de educação

 

- Pub -

 

Uma aluna do ensino secundário do Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama (AESG) testou positivo para a Covid-19. A informação, que chegou a ser colocada publicamente na página do Agrupamento na rede social Facebook, mas que acabou por ser, posteriormente, eliminada, foi entretanto divulgada através de um documento remetido por email pelos directores de turma aos encarregados de educação com alunos a estudar no estabelecimento de ensino, documento este redigido pela direcção do AESG.

O AESG foi informado pela Direcção-Geral da Saúde (DGS) da confirmação de “um caso positivo de Covid-19”, tratando-te de uma estudante a frequentar “as aulas presenciais até ao dia 25 de Maio”. De acordo com o mesmo documento, “o foco de contágio teve origem no exterior do estabelecimento escolar”, tratando-se “de um caso isolado”. O SETUBALENSE tentou obter esclarecimentos sobre o caso por parte da Direcção-Geral da Saúde, mas até ao fecho desta edição não obteve qualquer resposta.

De forma a tentarem garantir que o novo vírus não se propaga, “os serviços de saúde e a escola” implementaram medidas de contenção, segundo o que se encontra descrito no documento divulgado pelo AESG. Para o efeito, “os elementos da comunidade escolar” que estiveram em contacto, “de forma directa ou indirecta, com a aluna permanecerão nas suas residências até ao dia 8 de junho”, sendo “informados pela directora da interrupção das aulas presenciais”. Além disso, “todos estes professores e alunos estão a ser acompanhados pela DGS”. Até sexta-feira, “estas turmas terão todas as aulas à distância”, mas “na sequência do impedimento dos professores que contactaram com a aluna contagiada, algumas turmas não terão esta semana algumas aulas presenciais”.

Contactada a directora do AESG, Maria Fernanda Oliveira, sobre esta situação, a mesma não quis prestar quaisquer declarações, afirmando que “tudo o que havia para divulgar já o foi feito” através do documento entregue por email aos encarregados de educação, acrescentando apenas que o caso se encontra entregue às autoridades competentes. Por sua vez, José Luís Bucho, comandante do Serviço Municipal de Protecção Civil e Bombeiros de Setúbal (SMPCB), declarou já “ter ouvido falar sobre o assunto”, mas que não recebeu “nenhuma informação oficial por parte da saúde pública”, enquanto que a Administração Regional de Saúde e Vale do Tejo afirmou não ser permitido dar informações sobre a situação actual de nenhum utente.

Segundo revelou uma encarregada de educação, que prefere não ser identificada, a O SETUBALENSE, “há vários pais a quem a informação não chegou”, revelando que este documento chegou até si “através da directora de turma do filho”. “Apenas sei que a aluna que se encontra infectada não faz parte da turma do meu filho e penso que as restantes turmas, que não a da aluna, continuam a ter de frequentar as aulas presenciais”, refere a mãe com um filho no estabelecimento de ensino, a frequentar o 11º ano.

Associações de pais desconhecem caso positivo

No que diz respeito à Associação de Pais da Escola Secundária Sebastião da Gama, o seu responsável, Calçada da Cunha, afirmou não ter nenhum conhecimento sobre o caso em questão, descobrindo que “existe uma aluna confirmada com Covid-19 através de uma nota publicada por O SETUBALENSE” no seu site. “A direcção da Escola Secundária Sebastião da Gama enviou um comunicado oficial para os encarregados de educação mas não mandou nenhuma informação para a associação de pais sobre o ocorrido”, esclarece. Por parte da Federação Regional de Setúbal das Associações de Pais , o presidente Orlando Serrano, afirmou também que não era do seu conhecimento “toda esta situação”, pelo que, “por enquanto não houve ainda qualquer manifestação por parte de nenhum pai”.

[Notícia actualizada às 20h45 com diversas declarações de entidades ligadas ao estabelecimento de ensino e à saúde]

Comentários

- Pub -