GNR apreende 300 quilos de amêijoa-japonesa em Alcochete

49
visualizações

Acção de patrulhamento e fiscalização realizada na marginal de Alcochete resultou na apreensão do pescado e coima de 3 740,00 euros

 

- Pub -

 

O Comando Territorial de Setúbal, através do Posto Territorial de Alcochete e do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) do Montijo, apreendeu hoje 300 quilos de amêijoa-japonesa, na marginal de Alcochete.

Durante a acção de patrulhamento e fiscalização, realizada na marginal de Alcochete, a GNR abordou um veículo que efectuava o transporte de bivalves “em situação irregular, sem qualquer tipo de documentação comprovativa da sua origem e o proprietário que não tinha o cartão de mariscador”, esclarece este órgão de polícia criminal através de comunicado.

O pescado foi apreendido tendo sido elaborado um auto de contraordenação, que corresponde a uma coima que pode atingir os 3 740,00 euros. E após parecer da autoridade veterinária os bivalves foram destruídos em local próprio para o efeito.

A GNR alerta que “a captura deste tipo de bivalves, sem que os mesmos sejam sujeitos a depuração ou ao controlo higiossanitário, pode colocar em causa a saúde pública, caso sejam introduzidos no consumo, devido à possível contaminação com toxinas, sendo o documento comprovativo da origem do bivalve fulcral para a prevenção da introdução de forma irregular no consumo”.

Comentários

- Pub -