2 Dezembro 2020, Quarta-feira
- PUB -
Início Local Setúbal PJ apanha 16 suspeitos de lesarem Navigator em milhões

PJ apanha 16 suspeitos de lesarem Navigator em milhões

A Polícia Judiciária (PJ) deteve esta terça-feira 16 suspeitos da prática de diversos actos de “corrupção passiva”, que terão lesado a fábrica da Navigator em Setúbal, em alguns milhões de euros por ano, pelo menos, desde 2017.

- PUB -

Em comunicado, a PJ de Setúbal revelou que os suspeitos são funcionários que exerciam funções na recepção e medição da matéria-prima adquirida pela Navigator.

Segundo a PJ, em conluio com alguns fornecedores e “a troco de elevadas contrapartidas pecuniárias, adoptaram um conjunto de procedimentos fraudulentos, relativamente à qualidade, quantidade, espécie, peso e densidade da matéria-prima inspeccionada, lesando a empresa em milhões de euros”.

“Estes indivíduos, caso aceitassem uma madeira que não tinha as características correspondentes ao preço que a empresa ia pagar, mandavam-na de imediato para o triturador e apagavam as provas”, acrescentou, em declarações à agência Lusa, o director da PJ de Setúbal, Vítor Paiva.

- PUB -

Segundo Vítor Paiva, a investigação, que teve início na sequência de uma denúncia da própria empresa, levou à operação policial desencadeada hoje e que envolveu mais de 50 operacionais em duas dezenas de buscas, domiciliárias e não domiciliárias, a norte e sul do Tejo.

Na operação da PJ de Setúbal, foram constituídas arguidas cinco pessoas singulares e seis pessoas colectivas, além da detenção de 16 pessoas, de idades compreendidas entre os 31 e os 64 anos, por sobre eles recaírem fortes indícios da prática do crime de corrupção passiva no sector privado.

Os 16 detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coacção.

- PUB -

Lusa

- PUB -

Mais populares

St. Peter’s: Investimento de 4,6 milhões abre a porta a mais de 200 alunos

Novo edifício projectado para Setembro de 2021 permitirá também ao colégio ter alunos em regime de internato Nas actuais instalações, na Volta da Pedra, Palmela,...

Denúncia de alegada fraude fiscal de Paulo Rodrigues seguiu para as Finanças

Em causa as comissões recebidas pelo agora presidente do Vitória quando era empresário.   O SETUBALENSE teve acesso à documentação remetida esta semana por um sócio...

Ginjal promete dar mais élan a Cacilhas e fazer ‘inveja’ à margem norte

Uma nova cidade vai nascer na beira Tejo de Almada com espaços para promover o turismo, promoção cultural e zona habitacional A proposta relativa ao...
- PUB -