Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano tem nova administração

65
visualizações

A gestora Catarina Filipe, de 42 anos, assumiu hoje o cargo de presidente da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), que gere o Hospital do Litoral Alentejano (HLA), em Santiago do Cacém

 

- Pub -

Licenciada em direito e especializada em administração hospitalar, Catarina Filipe deixou o cargo de vogal executiva na Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, que exercia desde 2007, para assumir, desde hoje, a presidência da ULSLA.

O Governo nomeou ainda para o conselho de administração da ULSLA Pedro Ruas, como vogal executivo, Sousa e Costa, director clínico hospitalar, Cecília Gil, directora clínica dos cuidados de saúde primários, e José Chora, enfermeiro director.

“Com esta equipa conseguimos ter o melhor de dois mundos, porque temos pessoas que são da casa e conhecem a instituição e pessoas que vêm de fora e que têm sensibilidade para os problemas não só da instituição como da população, em termos de recursos, investimentos e integração de cuidados de saúde”, disse Catarina Filipe, em declarações à agência Lusa.

A equipa liderada por Catarina Filipe substituiu o conselho de administração presidido por Luís Matias, que anteriormente desempenhou vários cargos de gestão.

O mandato do conselho de administração da ULSLA é de três anos “renovável por mais três”.

A ULSLA é responsável pela gestão do HLA, em Santiago do Cacém, de cinco centros de saúde e de 27 extensões de saúde, distribuídos pelos concelhos de Sines, Santiago do Cacém, Grândola, Alcácer do Sal e Odemira, no litoral alentejano.

Lusa

Comentários

- Pub -