23 Novembro 2020, Segunda-feira
- PUB -
Início Local Barreiro Centro Hospitalar Barreiro Montijo: Investidos perto de 70 mil euros em novos...

Centro Hospitalar Barreiro Montijo: Investidos perto de 70 mil euros em novos equipamentos

Novo sistema evita aglomeração de utentes para colheita de análises

 

- PUB -

A Unidade de Técnicas Endoscópicas (UTE) do Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) dispõe desde este mês de um conjunto de novos equipamentos, na sequência do Programa Operacional Lisboa 2020, para “beneficiar os utentes” da Unidade de Gastroenterologia, num investimento global de cerca de 70 mil euros.

Segundo a instituição, neste âmbito, foram adquiridos um videocolonoscópio, um videogastroscópio, para além de três monitores de visualização de imagem endoscópica, para um espaço onde “a realização de exames complementares de diagnóstico e terapêutica assume um papel fundamental”, com o primeiro a permitir realizar um “exame crucial para o diagnóstico do cancro do colon e recto” e, o segundo, a possibilitar detectar o cancro do estômago, entre outras patologias do trato digestivo.

O Centro Hospitalar adianta que os equipamentos foram adquiridos no âmbito da candidatura ‘Modernizar para Melhor Cuidar II’, que em Janeiro do ano passado “autorizou a compra de um novo acelerador linear para o Serviço de Radioterapia”, que permitirá uma poupança de 450 mil euros. Na mesma altura, foi também autorizada a compra de duas dezenas de equipamentos para outros serviços.

- PUB -

O programa operacional Lisboa 2020 da União Europeia, recorde-se, tem por objectivo “melhorar a qualidade dos cuidados prestados aos utentes, bem como as condições de trabalho dos profissionais de saúde”.

Novo sistema em vigor no Serviço de Patologia Clínica

Entretanto, no âmbito da pandemia e para melhorar os serviços prestados aos utentes, o CHBM anunciou que desde o último dia 20 implementou um novo sistema de gestão de atendimento no Serviço de Patologia Clínica, com um quiosque que permitirá “identificar o doente directamente no ecrã do equipamento”, nomeadamente, através do Cartão de Cidadão, para além da integração dos seus dados com o sistema de agendamento das análises, garantindo desta forma “a emissão da senha apenas 30 minutos antes da hora marcada para a colheita”.

- PUB -

Deste modo, o hospital pretende “garantir que não existe aglomeração de utentes à espera, fora do intervalo de agendamento estabelecido”, entre outros objectivos, cumprindo desde logo as regras de distanciamento social impostas pela crise pandémica. De acordo com dados divulgados pelo CHBM, em 2019, o Serviço de Patologia Clínica realizou mais de 1,7 milhões de análises e cerca de 800 mil no primeiro semestre de 2020.

- PUB -

Mais populares

Polémica na estreia sadina a ganhar na 2.ª divisão distrital de futebol

“Diversos factores a contribuir para a rápida e fácil subida de divisão (do Vitória)”, diz o clube da Baixa da Banheira   Depois de a equipa...

Actual estação na 5 de Outubro em Setúbal vai receber serviços ou habitação

Com a entrada em funcionamento do novo terminal interface de Setúbal, a actual estação rodoviária na Avenida 5 de Outubro, no Bairro Salgado, centro...

Câmara de Setúbal muda as fechaduras na tomada de posse do estádio do Bonfim

A Câmara Municipal de Setúbal agendou para a tarde de terça-feira uma visita ao Estádio do Bonfim, casa do Vitória Futebol Clube, cujos direitos...
- PUB -