30 Novembro 2020, Segunda-feira
- PUB -
Início Local Sines Duas orcas atacam veleiro no Cabo de Sines

Duas orcas atacam veleiro no Cabo de Sines

Tripulantes foram socorridos pela patrulha da Guarda Nacional Republicana, e levados para o Porto de Recreio de Sines

- PUB -

 

Dois tripulantes de um veleiro, ambos de 70 anos, foram resgatados no domingo, perto do Cabo de Sines, depois de a embarcação ter sido abalroada por duas orcas, divulgou ontem a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Em comunicado, a Unidade de Controlo Costeiro (UCC) da GNR, adianta que a tripulação do veleiro, com 12 metros de comprimento, efectuou um pedido de socorro, através das comunicações rádio VHF marítimas, quando se encontrava a cerca de três milhas náuticas de distância da terra, o equivalente a 5,5 quilómetros.

- PUB -

“Os militares [do subdestacamento de Controlo Costeiro de Sines] deslocaram-se ao local com a lancha de vigilância e intercepção, onde apuraram que a embarcação tinha sido abalroada por duas orcas que partiram o leme, deixando a embarcação à deriva e sem capacidade de manobra”, avançou.

Os tripulantes, de nacionalidade portuguesa, não apresentavam ferimentos e o veleiro, com pavilhão belga, foi rebocado pela patrulha da Guarda Nacional Republicana até ao Porto de Recreio de Sines, no distrito de Setúbal, onde “vai permanecer para reparação”, adiantou fonte da UCC.

Embora sejam comuns no sul do país, a GNR explica que esta foi a primeira vez que recebeu relatos de orcas ao largo de Sines.

- PUB -

Lusa

- PUB -

Mais populares

St. Peter’s: Investimento de 4,6 milhões abre a porta a mais de 200 alunos

Novo edifício projectado para Setembro de 2021 permitirá também ao colégio ter alunos em regime de internato Nas actuais instalações, na Volta da Pedra, Palmela,...

Investigador do Politécnico de Setúbal entre os mais citados em todo o mundo

O professor Vítor Pires é um dos 37 portugueses que integram a lista especial da Universidade de Stanford   Vítor Fernão Pires, docente da Escola Superior...

Denúncia de alegada fraude fiscal de Paulo Rodrigues seguiu para as Finanças

Em causa as comissões recebidas pelo agora presidente do Vitória quando era empresário.   O SETUBALENSE teve acesso à documentação remetida esta semana por um sócio...
- PUB -