16 Janeiro 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Barreiro Obras de 2,5 milhões na Avenida da Liberdade começam este mês

Obras de 2,5 milhões na Avenida da Liberdade começam este mês

Trabalhos decorrem até Maio e custam cerca de 2,5 milhões. Câmara quer minimizar impactos da intervenção

 

- PUB -

A partir deste mês e até Maio do próximo ano decorrem os trabalhos que dão origem a uma nova Avenida da Liberdade, frente ao Terminal Rodo-Ferro-Fluvial do Barreiro, na zona da Recosta, com a construção de uma rotunda no principal acesso à estação dos barcos, numa intervenção orçada em 2 milhões e 500 mil euros. Contudo, os próximos tempos prometem trazer algumas complicações à população e diversos constrangimentos naquela zona da freguesia de Verderena.

Durante a última reunião pública da Câmara do Barreiro, o vereador Rui Braga, responsável pela área de Obras Municipais informou os restantes membros do executivo, que reuniu recentemente com as entidades de segurança envolvidas no arranque desta operação, nomeadamente, com o Serviço Municipal de Protecção Civil, para serem estudadas as melhores soluções a adoptar no decorrer da intervenção.

O autarca explicou aos vereadores que a reunião teve por objectivo assegurar que os constrangimentos previstos “tenham os menores impactos possíveis junto da população local” e dos comerciantes, cujos estabelecimentos estão ali situados. O vereador acrescentou ainda que o encontro foi fundamental para a autarquia “perceber quais são os desvios de trânsito” necessários realizar para a reordenação daquela área do território, onde dentro de seis meses estará concluída a nova rotunda, que permitirá “melhorar a circulação rodoviária e pedonal”.

- PUB -

O autarca acrescenta que também foi necessário “acautelar” relativamente todas as condições de segurança, naquele que é “um dos pontos de entrada do concelho” e de maior afluxo de pessoas à localidade. “Vamos agora iniciar uma obra muito estruturante para a cidade e a requalificação de um espaço que está a precisar desta intervenção há algum tempo”, lembra.

O objectivo, recorde-se, é tornar “o trânsito mais fluído, mantendo-se a continuação da ciclovia já existente”, bem como “o alargamento de passeios que privilegiam o uso pedonal”.

“Espero que os barreirenses tenham mais esta paciência”

- PUB -

Rui Braga adianta que a Câmara irá informar devidamente os residentes daquela área do concelho, à semelhança de todo o comércio local, acerca das medidas que serão implementadas para diminuir os impactos provocados pela intervenção, dada “a importância que vai ter para o concelho”. Ainda assim, Rui Braga afirma que, “pessoalmente”, tem “uma grande expectativa sobre o resultado final, que vai requalificar uma zona de entrada do Barreiro, principalmente no acesso aos barcos da Soflusa”, destaca.

Entretanto e antes dos trabalhos se tornarem visíveis, Rui Braga refere que durante a reunião de parceiros realizada foram abordados “os constrangimentos e a circulação viária que vai ser feita durante as obras é aquela que minimiza os impactos” nos próximos meses. “Espero que os barreirenses tenham mais esta paciência”, sublinha, sobretudo por tratar-se de uma construção que considera trazer “grandes benefícios” para o concelho.

- PUB -

Mais populares

Covid-19 obriga Hospital de Setúbal a activar pela primeira vez nível vermelho de Crise ou Catástrofe

Administração assume em circular normativa que estrutura para atender infectados dá sinais de completa saturação   A administração do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, activou...

Apreendidos mais de 330 quilos de pescado em Sesimbra. Valor ultrapassa 4600 euros

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR, por intermédio do Subdestacamento de Setúbal, apreendeu ontem mais de 300 quilos de pescado, em Sesimbra, numa...

Vandalismo esta madrugada na Aranguês e Tebaida destrói carros e loja

Três viaturas ficaram completamente destruídas pelas chamas que danificaram também a Agência Armindo
- PUB -