15 Janeiro 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Interface já concluiu obras mais complexas e vai estar operacional no início...

Interface já concluiu obras mais complexas e vai estar operacional no início de 2021

Mais sinergia entre transportes, mais espaços de estacionamento e uma renovada mobilidade na cidade

As obras do futuro terminal interface de transportes, ferroviário e rodoviário, de Setúbal estão a decorrer a bom ritmo, e tudo aponta para que no primeiro trimestre de 2021 a zona da Praça do Brasil, e envolvente, tenha o novo desenho de mobilidade já operacional.

- PUB -

“É uma obra que impressiona pela simplicidade e dimensão que, quando concluída, vai criar um conjunto de sinergias e permitir economia de escala às pessoas”, comenta o vereador Carlos Rabaçal, responsável pelo Departamento de Obras Municipais. “Vai trazer uma requalificação global a este território da cidade”, acrescenta.

Segundo o autarca, a parte mais complexa desta intervenção orçamentada em 4 213.667.89 euros, está praticamente concluída, estando já construída a placa superior de estacionamento que obrigou à “remoção de 7 mil toneladas de terras e outros detritos”, e construção de uma parede de contenção, com tecnologia própria, junto à via.

Nesta fase estão a ser construídos, em fábrica, os pilares que irão suportar a estrutura, sendo esperado que tenham “instalação rápida”. Com a maior carga de obra já no terreno, os próximos trabalhos “serão mais ágeis”, considera o vereador.

- PUB -

Para além de permitir o transbordo fácil e rápido de passageiros entre o transporte ferroviário da CP e Refer e o rodoviário – futuramente da Nex -, o interface de Setúbal considera uma zona de estacionamento para 14 autocarros, bilheteira e áreas de apoio, tudo isto na área superior do terminal que ocupa 3 400 metros quadrados.

This slideshow requires JavaScript.

- PUB -

Está ainda contemplado a nível subterrâneo, em 3 mil metros quadrados, um parque para estacionamento com 117 lugares, que terá complementaridade com um outro parque para estacionamento com 200 lugares que irá ficar ao lado do Instituto de Emprego e Formação Profissional, da parte de cima da Estação Ferroviária. Estes lugares de estacionamento mais os da Refer vão criar uma “zona de descompressão de parqueamento vasta que irá permitir uma intervenção requalificadora da Praça do Brasil”, o primeiro espaço da cidade com que as pessoas contactam quando chegam a Setúbal.

Para além do terminal interface que está a ser construído pela empresa ABB – Alexandre Barbosa Borges S.A., o município, em fase final da obra, vai avançar com a conclusão da reabilitação da Estrada dos Ciprestes, no alinhamento desta infra-estrutura de transportes. Ou seja, vai ser dada continuidade à solução de mobilidade que já existe no terreno, que inclui passeios e a extensão da via ciclável que irá seguir até Palmela, isto dentro da operação Ciclop7 – Rede Ciclável e Pedonal da Península de Setúbal.

No caderno de intervenções viárias na cidade, neste momento já com várias obras a decorrerem, inclusivamente ao nível do saneamento, a autarquia tem planeada a requalificação de estradas na envolvente do futuro interface que passam pela zona do Quebedo, rotunda do Hospital de São Bernardo e Praça de Portugal, este último outro dos pontos de entrada na cidade.

- PUB -

Mais populares

Vandalismo esta madrugada na Aranguês e Tebaida destrói carros e loja

Três viaturas ficaram completamente destruídas pelas chamas que danificaram também a Agência Armindo

Covid-19 obriga Hospital de Setúbal a activar pela primeira vez nível vermelho de Crise ou Catástrofe

Administração assume em circular normativa que estrutura para atender infectados dá sinais de completa saturação   A administração do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, activou...

Apreendidos mais de 330 quilos de pescado em Sesimbra. Valor ultrapassa 4600 euros

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR, por intermédio do Subdestacamento de Setúbal, apreendeu ontem mais de 300 quilos de pescado, em Sesimbra, numa...
- PUB -