18 Janeiro 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Dores Meira afirma que as decorações de Natal não são dinheiro mal...

Dores Meira afirma que as decorações de Natal não são dinheiro mal gasto

Autarca diz que há quem gostaria de “ter a cidade cinzenta e degradada”

As decorações e iluminações de Natal na cidade de Setúbal, bem como no interior dos Paços do Concelho, têm sido este ano criticadas por comportarem despesa acrescida para a autarquia, quando esse montante deveria ser direccionado para apoio às famílias e empresas do concelho.

- PUB -

O assunto não passou ao lado da última reunião de câmara, com a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira a afirmar que esta críticas são reflexo de se estar “em cima das eleições”. A autarca referia-se assim aos comentários que têm surgido nas redes sociais. “Os cidadãos têm a sua opinião, o que é respeitável”. Mas não deixou de apontar existirem “perfis falsos, os que não são falsos, os que estão ali a fazer actividade partidária”.

Dirigindo-se à bancada do PSD, e ainda no rescaldo da reunião pública anterior, Maria das Dores Meira foi peremptória: “Dizer que este dinheiro resolve o problema da pobreza é demagogia. Mas isto incomoda os que gostariam de ter a cidade como tínhamos anteriormente, cinzenta, degradada. Nem os setubalenses cá ficavam. As pessoas de fora não vinham visitar Setúbal”.

Referindo-se a uma cidade “atractiva”, a autarca acrescentou que a Câmara Municipal de Setúbal quer “trazer pessoas à cidade, para que o comércio, a hotelaria e a restauração façam negócio, e para que os setubalenses tenham orgulho”.

- PUB -

“Não consideramos dinheiro mal gasto, as pessoas precisam disto. O ano passado só aos Paços do Concelho vieram 20 mil pessoas, que comeram no concelho, foram ao comércio e muitos até dormiram cá”, acrescentou. Disse, inclusivamente, que apesar da pandemia, há “pessoas a passear na baixa”.

Para a presidente da câmara a iluminação de Natal é “um investimento”, e confrontou que “pobreza foi aquilo que o Governo do PSD fez quando cortou salários e aumentou impostos”, frisou, dizendo ainda que “em cada sítio onde a Câmara faz obras abre comércio e tornam-se âncoras de dinamização de riqueza”.

- PUB -

Mais populares

Covid-19 obriga Hospital de Setúbal a activar pela primeira vez nível vermelho de Crise ou Catástrofe

Administração assume em circular normativa que estrutura para atender infectados dá sinais de completa saturação   A administração do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, activou...

Apreendidos mais de 330 quilos de pescado em Sesimbra. Valor ultrapassa 4600 euros

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR, por intermédio do Subdestacamento de Setúbal, apreendeu ontem mais de 300 quilos de pescado, em Sesimbra, numa...

Empresa de transportes da Área Metropolitana de Lisboa entra em funcionamento no dia 17

A empresa de Transportes Metropolitanos de Lisboa (TML), que irá gerir o serviço de transporte rodoviário público na Área Metropolitana de Lisboa (AML), vai...
- PUB -